Reprodução Humana em tempos de Pandemia!

Em comunicado escrito essa semana, a Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida – SBRA e a Red Latinoamericana de Reproducción Asistida – REDLARA, lançaram novas orientações a respeito de como ficam os tratamentos de medicina reprodutiva durante a pandemia, seguindo também orientaçõs e condutas internacionais de saúde de nosso segmento. Considerando as novas evidências e sabendo da importância dos tratamentos de reprodução humana, os estudos constararam que não se identificou até o momento a presença de vírus nos gametas;
CONSIDERANDO que, até o momento, não há evidências a respeito das repercussões do Covid-19 sobre a gestação inicial.

Sabemos da angústia e do dia a dia dos casais tentantes para realizar o sonho de ter um bebê. Além disso, devemos levar em conta o tempo em relação a reserva ovariana das mulheres e pacientes oncológicos que devem ter o direito de presevar sua fertilidade para possível e futura gravidez pós tratamento químio ou radioterapico. Seguimos em frente nesta luta com vocês, com todos os cuidados e regras de saúde respeitando cada tipo de tratamento, técnicas da medicina reprodutiva, assim como os diferentes diagnósticos dos pacientes. Seguimos em frente com o carinho e empenho tanto nas consultas presenciais quanto a todo vapor nos atendimento online que também crescem a cada dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *